Notícias

Doutor José de Barros orienta como evitar doenças nos olhos no verão e no carnaval
07/02/2018 16:31
 

Algumas doenças oculares são mais comuns nesta época do ano. Dentre elas, conjuntivite, pterígio, ceratite, alergias e algumas viroses.

Isso se deve às altas temperaturas do verão, as quais favorecem a proliferação de fungos, bactérias e vírus na água e em ambientes fechados, quentes e úmidos, bem como às festas de carnaval, em espaços com multidões, onde há muito contato físico, sol e calor.

Para minimizar os impactos desses fatores e evitar contrair doenças nos olhos, o doutor José de Barros, oftalmologista do Instituto de Olhos do Recife, recomenda algumas medidas:


- Sempre que for à praia, à piscina ou ficar exposto ao sol no carnaval, use chapéu e óculos com lentes que tenham proteção contra raios UVA e UVB.
- Use sempre protetor solar específico para o rosto.
- Evite coçar e levar as mãos aos olhos.
- Leve um kit com sabonete neutro ou álcool gel para desinfecção das mãos, colírio e lenços descartáveis.
- Se algum corpo estranho entrar nos seus olhos, evite coçar. Lave bem seus olhos com soro fisiológico, colírio lubrificante ou bastante água mineral. Se não aliviar, procure uma emergência oftalmológica.
- Evite usar maquiagem, toalhas e objetos de outras pessoas.
- Não compartilhe colírios, pois você pode adquirir infecções.
- Não mergulhe com os olhos abertos no mar ou na piscina. Assim, você diminui o risco de contaminação por micro-organismos que podem gerar conjuntivites e ceratites.
- Quem usa lentes de contato também deve usar óculos de sol para evitar contato com substâncias químicas presentes em espuminhas de carnaval, aerossóis de neve e mesmo serpentinas artificiais.
- Não use lentes de contato na piscina ou no mar. Usá-las facilita a infecção por micro-organismos, no caso de contato com os olhos.
- Se ao sair da água você sentir seus olhos irritados, lave-os bem com um colírio lubrificante. Caso o incômodo continue, procure um oftalmologista.
- Porte sempre colírio para lubrificar seus olhos se estiver usando lentes de contato. Assim, você evita irritações, pois a própria transpiração pode causar desconforto devido à acidez.
- Em caso de presença de corpo estranho ou desconforto nos olhos, retire imediatamente as lentes de contato e lubrifique com colírio. Se a moléstia persistir, procure um atendimento de emergência.
- Coloque sempre a lente de contato antes de se maquiar. E na hora de tirar a maquiagem, retire primeiro a lente de contato.
- O ar condicionado também pode causar doenças. Por diminuir a umidade do ambiente, os olhos ficam mais ressecados e algumas pessoas podem sentir desconfortos, como coceira e sensação de corpo estranho. Se esse for o seu caso, use um colírio lubrificante, quatro vezes ao dia.
- Durante viagens longas de avião, lubrifique os olhos. A umidade nas cabines é menor e pode provocar ressecamento.
- Armazene bem os colírios, pois alguns deles precisam ficar na geladeira.
- Fique atento aos prazos de validade do colírio. Após interromper o seu uso, o medicamento não deve ser reaproveitado, sob risco de contaminação do frasco.

Em caso de emergência, o Instituto de Olhos do Recife conta com um serviço de urgência 24h, que funciona todos os dias da semana, na sua sede, no Espinheiro.

Serviço:

Dr. José de Barros
IOR - Instituto de Olhos do Recife
(81) 2122-5000 (Espinheiro) / 2121-7300 (Boa Viagem)



Fonte: IOR
Espinheiro
Rua Vicente Meira, 137
Recife – PE
(81) 2122.5000
iorespinheiro@ior.com.br
Boa Viagem
Av. Visc. De Jequitinhonha, 1144, 3º andar
Recife – PE
(81) 2121.7300
iorboaviagem@ior.com.br
Website desenvolvido pela Unu Soluções